Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

E esta hein?!

Um blog para falar sobre tudo....Principalmente estupidez...

08.08.11

NKOTB + BSB = Crise de meia idade

E esta hein

O que é que fazem aqueles senhores que chegam aos 40 anos e não conseguem aguentar esse facto? Começam a vestir-se como um miúdo de 20, troca a mulher por uma rapariga mais nova...corta o cabelo de outra maneira...armam-se em parvos basicamente...

 

E como é que os membros de uma boys band reagem aos 40? Voltam a ir em tour, juntam-se a outra boys band, e fazem figuras de parvos deles próprios..

 

Os New Kids on The Block (NKOTB) foram talvez uma das primeiras boys band (no verdadeiro sentido da palavra) a vender massivamente (não querendo incluir nas boys band os Beatles, Rolling Stones e afins {#emotions_dlg.clown}). Esta Boys Band, formada em 1984, criaram um novo conceito de banda que influenciou as futuras que iriam aparecer. De realçar também que Mark Wahlberg, actor de filmes como "The Departed", "Shooter" ou "The Other Guys" e irmão de um dos membros dos NKOTB, fez parte da formação inicial da banda, dando lugar depois a Joey Mcintyre por não gostar muito do ideal da banda {#emotions_dlg.amazed} (prosseguindo durante uns anos a sua carreira musical como o rapper Marky Mark ou pré-Eminem {#emotions_dlg.clown})

 

Já os Backstreet Boys (BSB) foram a maior Boys Band de sempre e também a que vendeu mais discos com qualquer coisa como 100 milhões de discos vendidos...

 

Ora estas duas bandas, para além de terem em comum ser boys band, terem vendido milhões de discos pelo mundo fora, terem sido (em alturas distintas) os homens dos sonhos de muitas adoloscentes, de terem tido regressos aos palcos depois de alguns anos fora do mundo musical, e de as músicas deles terem sempre as palavras "love" ou "i'll never leave you" (ou qualquer coisa parecida), têm agora mais uma coisa em comum...estão as duas em tour...juntas..{#emotions_dlg.barf}

 

Ou seja, se já era mau ouvir cada uma das bandas separadas, agora ainda se ouve juntas...Mas vamos ver um excerto:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

Ora vamos lá dissertar sobre o que acabámos de ver....

 

Facto 1 - É muito, mas mesmo muito esquisito ver homens com uma média de idades de 41 anos (NKOTB) fazerem movimentos de dança em que parecem estar a deslocar os joelhos (logo no início do vídeo). Quer dizer, é que com essa idade, uma pessoa não sabe se estão a dançar ou no pré-Alzheimer (ok, foi uma piada estúpida {#emotions_dlg.blushed}) Já agora, na sequência da mesma dança, fiquei mesmo assustado. É que quando eles metem a mão no peito, fiquei com medo que não estivessem a aguentar o ritmo e que estivessem a ter algum ataque cardíaco (é hoje que perco os meus dois leitores {#emotions_dlg.clown})

 

Facto 2 - É impressão minha ou eles não gostam muito uns dos outros??? É que na primeira troca, quando os BSB entram os NKOTB fogem logo, e quando os NKOTB voltam, os BSB parece que ficaram de castigo lá atrás...e na música a seguir são os NKOTB que vão para o castigo...É pena que ninguém se tenha lembrado das orelhas de burro...Porque o resto já lá estava...{#emotions_dlg.happy}

 

Facto 3 - Por favor alguém diga ao Jordan Knight, o vocalista na segunda música dos NKOTB, que só existe uma pessoa que consegue ter um timbre de voz tão irritante como o dele...e esse alguém chama-se Júlia Pinheiro...

 

Facto 4 e último - Basicamente e para terminar...é mesmo muito triste ver homens que deviam estar a cuidar dos filhos ( em alguns dos casos dos netos), a pensarem que ainda têm 20 anos e a fazer danças do género Justin Bieber, e música tipo Jonas Brothers...Pah! Se estavam com a tal crise dos 40 anos, arranjassem um hobbie, mudassem de namorada...até podiam arranjar namorados...mas não nos façam sofrer mais...a primeira vez já bastou {#emotions_dlg.clown}...

Saudações Eestianas {#emotions_dlg.blink}

 

20.06.11

Mas onde é que eu já ouvi isto

E esta hein

Depois de um empate entre Elton John e David Fonseca com as suas versões da música "Rocket Man", esta semana temos uma música que é um fenómeno estranho...

 

Isto porque a versão original é a que teve menos sucesso e menos visibilidade, comparada com os inúmeros covers feitos após o lançamento do single...{#emotions_dlg.amazed}

 

Em 1970 Pete Ham, músico da banda Badfinger (banda de rock famosa nos anos 60), escreveu uma música com uma letra forte, mas não gostava do refrão...Andando a música na "gaveta", um belo dia, Tom Evans (outro membro da banda), depois de um desgosto de amor escreveu o tal refrão forte necessário para a música...Em boa hora o fez, e assim nasceu o clássico "Without you"...(contudo não sei se por causa da música ou não, a verdade é que se suicidaram os dois...{#emotions_dlg.serious})

 

A banda nunca deu grande ênfase à musica mas a verdade é que a música tornou-se famosa dois anos depois no primeiro cover conhecido da música. Harry Nilsson, cantor americano, depois de ouvir a música achou que era uma música dos Beatles {#emotions_dlg.barf}...contudo, e depois de saber que não era decidiu pegar na música e editá-la ao seu jeito, e a verdade é que consegui ficar quatro semanas seguidas no #1 dos charts americanos...

 

Assim nascia uma das maiores baladas de sempre, e deu azo a várias versões ao longo dos anos...

 

Em 1994, Mariah Carey tornava a colocar a música nos top's e nas rádios com a sua versão mais (ainda mais) romântica da canção, e é esta a versão que está a partir de hoje em votação {#emotions_dlg.happy}

 

Boa votação {#emotions_dlg.blink}

 

 

Versão de 1970 - Bandfinger

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Versão de 1994 - Mariah Carey 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Digam o que disserem, a minha versão favorita continua a ser esta {#emotions_dlg.clown}

 

30.05.11

Mas onde é que eu já ouvi isto???

E esta hein

Antes de mais, quero-vos agradecer por terem aderido a esta minha (vossa) rúbrica e terem votado...Espero que continuem a gostar e a votar nas próximas semanas...Curiosamente, na semana passada ganhou a versão original de Judy Garland, o que só mostra que o que é bom, não passa de moda {#emotions_dlg.smile}

 

Agradecimentos à parte, vamos ao que interessa...

 

A música que escolhi hoje é um original de 1963, foi considerada a 22ª melhor canção na votação da Rolling Stone - The 500 Greatest Songs of all time - e no ano em que saiu chegou ao nº 2 do Billboard Pop Singles Chart.

 

Ao longo dos anos teve várias versões de artistas como John Lennon, We are Scientists, Maroon 5, Travis e até a dinamarquesa Whighfield (sim, que ela não cantava só o "Saturday Night, lalálálá..."{#emotions_dlg.blushed}), para além que várias músicas utilizaram o início da música como samples, casos de "Don't Worry Baby" dos Beach Boys (que o próprio Brian Wilson considerou ser a música de resposta do lado masculino a este clássico) ou músicas de Green Day, The Beatles ou Billy Joel e Mutya Buena, o que comprova a qualidade indiscutível da música em questão.

 

A música a que me refiro é o "Be my Baby" das Ronettes, banda dos anos 60 composta por Veronica Bennett (depois conhecida como Ronnie Spector, após o casamento com Phil Spector, curiosamente um dos escritores da dita música), Estelle Bennett e Nedra Telley.

 

A versão que escolhi para o "duelo" foi a de Áurea, a cantora portuguesa, que no seu álbum homónimo fez uma versão mais calma da música, e que a meu ver, é uma das melhores versões da música.

 

Por isso, já sabem, vamos a votar...Digam de vossa justiça...Qual é a vossa versão favorita, hein???? {#emotions_dlg.blink} Saudações Eestianas... 

 

A versão das Ronettes - 1963

 

 

 

 

 

 

 

 

 

   

 

 

 

 

 

A Versão de Áurea - 2010  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Fontes: Wikipedia e Sites dos Artistas em Questão

23.05.11

Mas onde é que eu já ouvi isto???

E esta hein

E começa hoje uma rúbrica aqui no Eestahein...

 

Ao longo dos anos, vários artistas fizeram covers , ou seja, novas versões à sua maneira de músicas já existentes. Ora isso vai fazendo com que clássicos vivam durante anos e anos, estando sempre actuais. Esta rúbrica vai-se tratar de isso mesmo. Todas as segundas-feiras irei trazer-vos duas versões da mesma música (a original e uma versão mais recente\diferente), e irei fazer uma sondagem (que estará localizada à vossa direita) para decidirem qual a versão que gostam mais...Confusos? {#emotions_dlg.clown} Então vamos a isso...

 

A música que vos trago hoje é um clássico original de 1939, que foi criada propositadamente para o filme "O Feiticeiro de OZ" onde Judy Garland brilhou e cantava esta música desejando um mundo ideal com amor e paz. Música escrita por E.Y. Harburg, esta teve várias versões ao longo dos anos de artistas como Beyonce, The Beatles, Guns N'Roses entre outros. Contudo, a versão que vos trago "a concurso" é a versão do malogrado Israel Kamakawiwo'ole (mais vale chamá-lo de IZ {#emotions_dlg.clown}), que tem sido um hit nas rádios portuguesas (e não só), e apenas oito anos depois dele ter feito a dita versão {#emotions_dlg.lol}. Por isso já sabem, oiçam as duas versões, vejam qual gostam mais e depois votem na vossa preferida. Espero que gostem...

 

A versão de 1939 de Judy Garland

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 

 

 

E a versão do IZ (R.I.P.) de 1993

  

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Saudações Eestianas {#emotions_dlg.smile}

Mais sobre mim

foto do autor

Well, That's new (Sempre às 6F)

Netflix And Chill

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D